domingo, 13 de julho de 2014

Atividade a partir de um texto sobre as diferenças de investimentos no futebol alemão e brasileiro



Atividade para aula de língua portuguesa a partir de um texto de Rodrigo Mattos sobre as diferenças de investimentos na base do futebol alemão e brasileiro 

Federação alemã bancou 1387 campos de futebol; CBF, só três


Sob a gestão de José Maria Marin, a CBF reformou três campos de futebol, os da Granja Comary. Na administração de Ricardo Teixeira, não se gastava neste quesito. Em sua revolução no futebol germânico, a Federação de Futebol Alemã investiu na construção de 1387 gramados pelo país nos últimos dez anos, principalmente para a formação de jogadores. (...)
A CBF não gastou nada neste item. Questionado porque não botar dinheiro em campo, no lançamento do programa da Fifa, Marin disse que “seria uma boa ideia'' e iria pensar nisso.
A receita da CBF, em 2013, foi de R$ 436 milhões. No total, em dois anos de Marin, só houve investimento em desenvolvimento no futebol de 12% da receita, com organização de campeonatos. Não há gastos registrados em estrutura do futebol: a Granja Comary foi feita em 2014. Em compensação, 42% são gastos com itens de burocracia, de pessoal à administração.
A federação alemã investiu R$ 75 milhões só no seu programa para crianças no futebol. Isso incluiu a construção de 1000 mini-campos pelo país em escolas, incluindo kits com bolas, uniformes e outros equipamentos. As 20 mil crianças estão sob a tutela de treinadores formados pela federação.
Outros R$ 30 milhões foram gastos com centros de treinamento de formação para adolescentes, em um total de 387 campos. São 14 mil adolescentes neste programa, que é mais voltado para a formação de talentos.
A federação ainda criou campeonatos juniores no país, o que só acontece esporadicamente no Brasil em períodos curtos. Até agora a CBF não anunciou nenhum projeto de investimento na base do Mundial.
(Blog do Rodrigo Mattos – Portal Uol)

Exercícios:
1. A que gênero textual percente esse texto?
a) relatório  b) notícia c) reportagem d) manifesto

2. Qual o assunto desse texto?

3. A que conclusões o leitor pode chegar com a leitura desse texto?

4. No trecho “A receita da CBF, em 2013, foi de R$ 436 milhões. Em compensação, 42% são gastos com itens de burocracia, de pessoal à administração”, tais números nos levam a ter que tipo de sentimento? Explique sua resposta.

5. No 4º e 5º parágrafos, o texto informa que a Federação de Futebol Alemão investe muito em programas de futebol para 20 mil crianças e 15 mil adolescentes. Quais benefícios sociais vocês acredita que teriam os jovens brasileiros com esses investimentos? Cite ao menos três.

6. Em sua opinião, as crianças e os adolescentes encontram muitas oportunidades para a prática de esportes com estrutura e orientação técnica adequada na nossa cidade? Comente.