sábado, 24 de maio de 2014

Aula especial para a Copa do Mundo - Análise da música "Bola de meia, bola de gude"



Aula de língua portuguesa para o período de Copa do Mundo, a partir da análise e interpretação da música "Bola de meia, bola de gude", de Milton Nascimento.

Bola de meia, bola de gude
Há um menino,
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto balança
Ele vem pra me dar a mão

Há um passado
No meu presente
Um sol bem quente lá no meu quintal
Toda vez que a bruxa me assombra
O menino me dá a mão

E me fala de coisas bonitas
Que eu acredito
Que não deixarão de existir
Amizade, palavra, respeito, caráter, bondade, alegria e amor
Pois não posso, não devo, não quero
Viver como toda essa gente insiste em viver
E não posso aceitar sossegado
Qualquer sacanagem ser coisa normal

Bola de meia, bola de gude
O solitário não quer solidão
Toda vez que a tristeza me alcança
O menino me dá a mão

Há um menino,
Há um moleque
Morando sempre no meu coração
Toda vez que o adulto fraqueja
Ele vem pra me dar a mão.


NASCIMENTO, Milton

1) O “eu poético” é um adulto que diz ter uma criança habitando seu coração. Em que momento da vida do adulto a criança se faz presente?

2) Que referências do texto dizem respeito ao mundo da criança?

3) Releia estes versos: “Há um passado no meu presente/ Um sol bem quente lá no meu quintal”.
a) Como você explica a expressão destacada?
b) Com base nesse raciocínio, qual o significado do segundo verso?

4) O “eu poético” diz: “Pois não posso, não devo, não quero / Viver como toda essa gente insiste em viver”.
a) Quem é “essa gente” a quem ele se refere?
b) Ao dizer “não posso, não devo, não quero”, o “eu poético” assume uma atitude diante das coisas que ele considera erradas. Como ele quer viver?

5) O que o menino representa para o adulto nessa canção?

6) Pode-se dizer que o menino também representa para o adulto um amigo, aquele em quem ele busca apoio em sua caminhada pela vida? Explique.

7) O texto uso uma paixão do brasileiro (o futebol) para se expressar? Por que razão ele faz tal referência? Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...