sexta-feira, 24 de maio de 2019

Atividade sobre ironia e metáfora


# Exercícios: 
1. Com suas palavras, explique o que você entende como "ironia", a partir da frase abaixo.
"Ele correu tão rápido quanto uma tartaruga".

2. Com suas palavras, explique o que você entende como "metáfora", a partir da frase abaixo.
" Eu não recuso doces, sou uma formiga".

3. Reconheça nas frases abaixo exemplos de "ironia" e "metáfora".
a) Fale mais alto, lá da esquina ainda não dá para ouvir.

b) Ludmila é fera em matemática.

c) Ele estudou tanto que tirou zero na prova.

d) O personagem do livro tem coração de pedra.

e) Esse problema é só a ponta do iceberg.

f) Felicidade é trabalhar muito e receber pouco.

g) A sopa estava uma delícia: fria e sem tempero.

h) Ruffles: a batata da onda.

i) Ela é delicada como uma batida entre carretas.

j) Seus olhos são duas jabuticabas.

sábado, 18 de maio de 2019

Atividade sobre o gênero textual cartum



Leia o texto abaixo:
1. O texto retrata uma situação complexa.
a) Quem são as personagens?
b) Que tipo de lugar exatamente elas estão?

2. Em que consiste o humor desse texto?

3. A que gênero textual pertence esse texto?
a) história em quadrinhos
b) cartum
c) charge
d) tira em quadrinhos

4. Qual a linguagem utilizada pelos personagens do texto?
a) culta 
b) técnica 
c) informal 
d) jornalística

5. Que tipo de linguagem foi empregada nesse texto? Verbal, não verbal ou mista? Explique sua resposta.

Atividade sobre Concordância Verbal


1. Leia as frases a seguir e indique aquelas em que a concordância verbal não está de acordo com a variedade padrão.
a) Domingo sou eu que sairá mais cedo.
b) Foram as meninas quem ajudou a organizar os livros na biblioteca.
c) Os Lusíadas, de Camões, tratam da viagem de Vasco da Gama às Índias.
d) A turma já chegaram.
e) Uma porção de pessoas ficou presa no estacionamento do parque.
f) Esses dez por cento de comissão já me satisfazem.
g) Muitos de nós reclamou da taxa cobrada.
h) Nenhum de nós teremos a coragem de sair pela porta da frente.
i) Cerca de oito aviões se aproximam do parque neste instante.

2. Reescreva o texto abaixo, refazendo corretamente as concordâncias nominais e verbais:
“A invenção da existência deram-nos a possibilidade de estarmos não apenas no mundo, mas com o mundo. Eu posso mudar o mundo e é fazendo isso que eu me refaço. É mudando o mundo que eu me transformo também. Homens e mulheres inventa a história que eles e elas criam e faze. Nós temos de colocar a existência decentemente frente à vida, de tal maneira que a existência não mate a vida e que a vida não pretenda acabar com a existência, para se defender dos riscos que a existência lhe impõem. Isso, para mim, faz parte dessa briga pelo verde. Lutar pelo verde, tendo certeza de que sem o homem e a mulher, o verde não tem cor.”

Fonte: CanalSeeduc

Atividade sobre Concordância Nominal


1. Com base nos textos abaixo, responda às perguntas:

a) Observe a primeira tira:
No terceiro quadrinho, lê-se na carta: “...dizer obrigada”. Poderia, sem prejuízo da norma gramatical, responder “obrigado”?

b) Observe a segunda tirinha. Por que a personagem afirma que “Osmar” é um erro de concordância? O mesmo poderia servir para avaliação de algum dos dois nomes do segundo quadrinho? Justifique.

c) Agora, leia a frase que está na placa de entrada de uma construção. A palavra “proibido” está no masculino. Tal uso está de acordo com as regras de concordância nominal? Comente.

2. Complete os espaços com a forma apropriada entre parênteses.
a) Água é __________________ para se manter um corpo saudável. (necessário/necessária)
b) A aluna se limitou a dizer muito _______________. (obrigado/obrigada)
c) Já são duas e ________. (meio/meia)
d) Aquela escola é _____________distante de minha casa. (meio/meia)
e) No final do semestre, estamos todos _______________ ocupados. (bastante/bastantes)

3. (UFF) Assinale a opção em que ocorre ERRO de concordância nominal:
a) Parecia meio aborrecida a mulher de mestre Amaro.
b) Pagando cem mil réis, ele estaria quites com o velho.
c) O seleiro sentiu o papel e a nota novos no bolso.
d) Floridos montes e várzeas se sucediam na paisagem.
e) Os partidos de cana mostravam tonalidades verde-esmeralda.

Fonte: Canal Seeduc

Atividade sobre Frase não oracional, frase oracional e período


1. Observe as frases abaixo e responda às perguntas:

Escondidas vida maravilhas que a guarda perceba.
Difícil que crianças o é entender as querem.

a) Estas duas estruturas são exemplos de frases? Justifique.

b) Reescreva as frases acima, de forma a ajustá-las para tornar a comunicação
eficiente.

2. Observe as frases abaixo e separe-as em três colunas (frase não oracional, período simples ou período composto)
a) Que roupa legal!
b) Tristes, os dias nublados...
c) Assisto a este programa há dez anos.
d) O filho compreende o olhar de um pai.
e) Fogo!
f) Será possível conversarmos agora?
g) O falar demais compromete a verdade.
h) Que tristeza.

3. Una os períodos simples abaixo e transforme-os em períodos compostos. Para isso, você utilizará palavras ou expressões que conectarão, unirão as duas orações. Essas palavras são chamadas de conectores e estão no quadro a seguir para que você escolha uma para cada situação:

Porque – logo que – apesar – então – porém - logo – segundo – quando - e

a) Eu estava na sala. Ele entrou.
b) Consegui estudar tudo. Fiz uma ótima prova.
c) Estudei tanto. Não consegui fazer a prova toda.
d) Estudei muito. Preciso de uma ótima nota!
e) Os jornais anunciaram. O Cruzeiro ganhou o campeonato.
f) Recebeu o dinheiro. Depositou tudo rápido.
g) Não sabia onde era a rua. Chegou lá sem problemas.
h) Comprou o caderno. Entregou-o para o filho.

Fonte: CanalSeeduc