sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Exercícios sobre Linguagem Verbal e Não Verbal - Mista

Existem diferentes tipos de linguagem. A fala, o gesto, o desenho, a pintura, a música, a dança, o código de trânsito, tudo isso é linguagem. Vimos também que a linguagem pode ser verbal, não-verbal ou mista, e que aqueles que participam do processo de interação por meio da linguagem são chamados de interlocutores. O que produz a linguagem é chamado de locutor, e o que a recebe, de locutário. Baseado nessas noções iniciais, responda em seu caderno às atividades propostas abaixo, de acordo com sua série.

1. Que tipo de linguagem - verbal, não-verbal ou sincrética (mista) - é utilizada na tirinha? Justifique.
2. Observe a linguagem não-verbal nos dois primeiros quadrinhos. Que contraste há entre a expressão corporal do filho e a do pai?
3. Observe a tela do computador do pai no segundo quadrinho e responda: por que o pai não esboça nenhuma reação à trágica notícia trazida pelo filho?
4. Que emoções estão expressas no rosto do filho no primeiro e no terceiro quadrinho?
5. O pai demonstra alguma emoção ou sentimento no quarto e quinto quadrinho?
6. O filho usa a forma verbal "está" numa conversa informal com seu pai. Esse uso está coerente com a situação comunicativa? Justifique.
7. O que provoca o humor na tirinha?
8. Baseado na fala do pai no último quadrinho, responda: o que é mais importante para ele? Explique.
9. Uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que partilham valores e objetivos comuns. As redes sociais online podem operar em diferentes níveis, como, por exemplo, redes de relacionamentos (facebook, orkut, myspace, twitter). Baseado nisso, responda:
a) Que rede social está presente na tirinha?
b) Antes que o pai citasse esse nome, de que outra forma você foi capaz de identificá-la?
c) Se o leitor não conhecesse essa rede social, seria capaz de compreender o humor presente no texto?
Fonte: http://blog.educacaoadventista.org.br/

Leia também:
Aula: Linguagem Verbal, Não Verbal e Mista
Aula sobre Linguagem Verbal e Não Verbal

Atividades (Aulas): Língua Portuguesa/Currículo Mínimo 2013 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Aula sobre linguagem verbal e linguagem não verbal

Em "O que é poesia?", Cassiano Ricardo definiu: "Poesia é uma ilha cercada de palavras por todos os lados. Para evidenciar o quanto importante é a linguagem para nós, podemos sim definir o homem como uma ilha cercada de linguagens por todos os lados. Essa foi a reflexão inicial na aula sobre linguagem para os alunos do 1º ano do Ensino Médio no CE Jayme Camargo.

Linguagem e comunicação

Interlocutores – são as pessoas que participam do processo de interação comunicativa.

Ex.: escritor e leitor (carta); falante e ouvinte (telefone).

Exercício:
Quais seriam os interlocutores das seguintes situações:
a) Jornal Nacional:
b) Canção de amor:
c) Aula de português:
d) Locução de um jogo de futebol:
e) Missa ou culto religioso:
f) Notícia de um jornal impresso:


Linguagem – é o uso da língua como forma de expressão e comunicação entre as pessoas (interlocutores).

A linguagem pode ser verbal ou não verbal:
1. Linguagem verbal – quando se usas palavras ao falar ou escrever.
Ex.: poesias, músicas, carta, duas pessoas se dialogando, etc.

2. Linguagem não verbal – não se usa palavras, mas sim gestos, desenhos, placas, símbolos, objetos, cores, etc.
Ex.: uma sinal de trânsito; uma placa de proibido fumar, etc.










3. Linguagem mista – mistura de linguagem verbal (palavras) e não verbal (imagem).
Ex.: História em quadrinhos, charge, etc.

Reflexão: Que tipo de linguagem veicula com maior rapidez uma informação?

Exercício:
Indique a linguagem não verbal das palavras abaixo e, ainda, explique sua finalidade.
a) paz - desenhar um pombo – finalidade: transmitir a paz entre povos distintos.

b) feminino
c) expulsão
d) pare!
e) escola
f) coração partido
g) perigo
h) natureza
i) silêncio
j) justiça

Leia mais: 
Atividades (Aulas): Língua Portuguesa/Currículo Mínimo 2013 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Exercícios: Período simples e composto (2)


Leia esta anedota:

— O senhor admite que levou o carro e nega que o tenha roubado. Pode me explicar isto?
— Eu não roubei, senhor juiz. O carro estava parado na porta do cemitério, e eu, naturalmente, pensei que o dono tivesse morrido...
(Donaldo Buchweitz, org. Piadas para você morrer de rir. Belo Horizonte: Leitura, 2001. p.101.)

1 – Quantas frases há nesse texto?

2 – Na anedota, há dois períodos simples. Identifique-os.

3 - Observe o primeiro e o último períodos do texto.
a) O primeiro período é simples ou composto? Por quê?
b) Quantas orações compõem o último período do texto? Quais são elas?

3 – Leia este poema, de Manuel Bandeira:

Céu

A criança olha
Para o céu azul.
Levanta a mãozinha,
Quer tocar o céu.

Não sente a criança
Que o céu é ilusão:
Crê que o não alcança
Quando o tem na mão.
(Estrela da vida inteira. 2. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1970. p. 195.)

4 – Observe os períodos e as orações que compõem a 1ª estrofe.
a) Qual é o número de períodos?
b) Os períodos são simples ou compostos?
c) Quantas orações há no 2° período dessa estrofe?
d) As orações do 2° período são coordenadas ou subordinadas?

5 - Com relação à 2ª estrofe:

a)Qual é o número de orações existentes nessa estrofe?

b) As orações se ligam predominantemente por coordenação ou por subordinação?
(Fonte: "Português: Linguagens. CEREJA e MAGALHÃES)

Leia também:
Exercícios: Período Simples e Composto
Exercícios: Período Simples e Composto (3)
Exercícios: Período Composto por coordenação ou por subordinação
Atividades (Aulas): Língua Portuguesa/Currículo Mínimo 2013 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Atividade sobre Adjunto Adverbial I

1. Leia este poema de Iêda Dias:

Ritual da madrugada 

Augusta era fada. comprido, comprido...
Com varinha mágica tecia: 

estrelas nas colchas 
trepadeiras nas janelas.

Às três da manhã 
penteava o cabelo 
comprido, comprido...
passava o pente vagarosamente
e vagarosamente tecia a trança

Trança de fada. 
(Canção da menina descalça. Belo Horizonte: RHJ, 1993.) 

Destaque do texto:
a) um adjunto adverbial de instrumento;
 b) um adjunto adverbial de tempo;
 c) dois adjuntos adverbiais de lugar.

 2. Às vezes, os textos ganham novos sentidos quando repetimos as palavras ou quando as escrevemos de uma forma especial. Observe estes dois trechos:

“comprido, comprido...” 
“passava o pente vagarosamente 
e vagarosamente tecia” 

a) Que efeito de sentido tem a repetição, no 1º trecho, seguida de reticências?
b) Que efeito o corte da palavra vagarosamente provoca na leitura: uma leitura mais rápida ou mais vagarosa?
c) Classifique o adjunto adverbial vagarosamente.

Fonte: Português: Linguagem Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Atividade sobre Adjunto Adverbial II

1. Leia o anúncio abaixo, publicado no jornal O Estado de S. Paulo.


O anúncio é engraçado porque apresenta ambiguidade e quebra de expectativa.

a) A palavra polêmica significa “debate, controvérsia, discussão”. O que inicialmente imaginamos quando lemos “assuntos polêmicos e delicados”?

 b) Help! é uma enciclopédia gramatical, que foi publicada em fascículos nas edições de domingo do jornal. Sabendo disso, responda: O adjunto adverbial é, normalmente, um assunto polêmico e delicado para a maioria dos pais? Por quê?

c) No anúncio se lê:

“Converse com seus filhos sobre assuntos polêmicos e delicados.” 

No trecho destacado na oração, há dois termos preposicionados: um deles é adjunto adverbial e o outro, objeto indireto.
• Identifique-os.
 • Classifique o adjunto adverbial.

2. Nestas frases de Jô Soares, indique a circunstância expressa pelos adjuntos adverbiais destacados:
a) “O bom astronauta vive no mundo da lua.”
 b) “Nada mais saudável do que uma boa dieta entre as refeições.”
 c) “Adorava andar de navio. Só não gostava do oceano.”
 d) “O barbeiro sim, vive por um fio.”
 e) “O ângulo reto tem 90 graus à sombra.”
 f) “A orquestra era tão ruim que as pessoas só dançavam nos intervalos.”
 g) “A pessoa só sabe que está ficando realmente surda quando não consegue ouvir nem elogios.”

Fonte: Português: Linguagem Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Atividade sobre Adjunto Adnominal V

1. Leia este texto:

 Qual é a diferença entre furacão e tornado? 

Furacão é, na verdade, um ciclone. Os ciclones são formados por redemoinhos de chuva e vento e nascem no mar, em águas quentes. Eles surgem quando o ar sobe em colunas, formando fortes tempestades. Quando surge sobre o oceano Atlântico, ele é chamado de furacão. Se nasce no oceano Pacífico, ganha o nome de tufão. Eles caminham em direção ao continente com ventos que podem chegar a 200 quilômetros por hora. Já o tornado se forma em terra, quando duas correntes de ar, uma quente e úmida, outra fria e seca, se chocam. Aí, o ar quente é lançado para o alto e começa uma grande tempestade. Os tornados são menores que os ciclones, mas também podem ser muito destruidores. (Recreio, nº 291.) 

 Identifique os adjuntos adnominais dos termos destacados no texto. Atenção: você deve, antes, identificar mentalmente o núcleo dos termos.

2. Destaque os adjuntos adnominais dos sujeitos das orações seguintes. Atenção: em primeiro lugar, você deve, mentalmente, identificar o sujeito e seu núcleo!
 a) As unhas crescem 1 centímetro a cada 28 dias. [...] As unhas das mãos crescem aproximadamente quatro vezes mais rápido do que as unhas dos pés.
b) Cada soluço dura até menos do que um segundo. Os soluços ocorrem a uma frequência normal e regular de 5 a 25 vezes por minuto. [...]
c) As impressões digitais formam-se de seis a oito semanas antes do nascimento. Elas nunca são iguais. Duvida? Faça o teste com seus amigos.
d) As quatro zonas de sensibilidade da língua são: amargo (fundo), azedo (laterais do fundo),salgado (laterais da frente) e doce (frente).
e) A principal fábrica de sangue é a medula óssea. Produz duzentos mililitros de sangue por minuto.
(Trechos extraídos de Marcelo Duarte. O guia dos curiosos. São Paulo: Cia. das Letras, 1995.)

Fonte: Português: Linguagem Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Atividade sobre Adjunto Adnominal IV

1. Leia esta tira:
a) Identifique as locuções adjetivas empregadas nas frases ditas pela personagem.
 b) Que função sintática as locuções adjetivas desempenham nas frases?
 c) Identifique outros adjuntos adnominais presentes nas frases.
d) Por que a tira é engraçada?

2. Nas orações a seguir, substitua os adjuntos adnominais destacados por outros de sentido equivalente, como no exemplo:

 a) Aqueles dois livros de contos são maravilhosos.
 b) Vendi meus CDs de música clássica.
c) Todas as frutas têm alguma vitamina.
d) Minha tia adora fazer casaquinhos de tricô.

Fonte: Português: Linguagem Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...