terça-feira, 4 de julho de 2017

Atividade sobre artigo de opinião - Tema "segurança pública"



Leia o artigo de opinião "Fácil assim?", de Samy Santos:

                “A polícia quando quer, faz”. Por trás dessa máxima se esconde o senso comum, falta de pessoal e estrutura adequada para coibir a criminalidade. A expressão do primeiro período desse texto já está “consagrada” no meio social, visto que parte considerável da população só vê a polícia como uma Instituição corrupta e inoperante.
            Esse debate volta à tona em razão dos acontecimentos recentes. O delegado de Camaçari, Cleiton Silva, foi morto numa tentativa de assalto, e em menos de 12 horas todos os bandidos que participaram do crime já haviam sido presos.
            O Estado brasileiro não oferece condições adequadas de trabalho aos policiais, uma vez que não há pessoal suficiente, treinamento rigoroso, faltam viaturas, apoio logístico, armamento e todo aparato responsável em oportunizar uma atuação mais competente e eficaz. Assim, é no mínimo incoerente exigir tanto da polícia brasileira.
            Não é objetivo desta discussão, no entanto, mascarar e tampouco esconder falhas da polícia que independem da falta de condições de trabalho ofertadas pelo Estado, como abuso de autoridade, corrupção, atividades ilícitas ou violência gratuita, mas o de enfatizar que há sérias razões que impedem e limitam o trabalho da polícia brasileira.
            Nesse ínterim, surge o questionamento: por qual razão a polícia consegue dar resposta rápida a criminalidade apenas em alguns casos? Como a falta de estrutura é singular na Instituição, sempre se acaba dando prioridade a alguns casos, tal prioridade é mais notável em crimes cometidos contra policiais, autoridades, pessoas de representatividade social ou ainda que causam grande comoção popular.
            Dessa forma, o foco da discussão deveria ser outro. A questão a ser discutida não é, certamente, a resposta rápida que a polícia tem dado em alguns casos, porém a implementação de medidas que possibilite que tal Instituição aja sempre de forma rápida e eficiente.
            A violência alcançou níveis insustentáveis no Brasil, e os crimes cometidos não fazem acepção de pessoa, religião, etnia, gênero ou conta bancária. É preciso, então, que o Estado faça investimentos em áreas sensíveis, como segurança pública, saúde, educação, entretenimento, cultura, cidadania e emprego. As ações elencadas aqui não contribuirão apenas para amenizar a criminalidade, mas para elevar os níveis de desenvolvimento do país. É hora de avançar.

Posado in Atualidades, Coluna Samy Santos, Notícias, Polícia, Política |  Tags: Artigo de Opinião, Bahia, Samy, Violência na Bahia |  No Comments » http://www.noticiasdeipiau.com/tag/artigo-de-opiniao/

Proposta de Atividade

1)    Em um texto de opinião a “Tese” é a idéia defendida pelo autor. Qual alternativa resume a tese do autor Samy Santos?

a)    “A polícia quando quer faz.”;         b)    “Esse debate volta à tona em razão dos acontecimentos recentes;”
c)   “É hora de avançar;”                            d)     “É no mínimo incoerente exigir tanto da polícia brasileira.”

2)    Qual é o principal argumento do autor para sustentar sua tese?

a)    Crimes cometidos contra policiais, autoridades, pessoas de representatividade social, ou ainda que causam grande comoção popular;

b)    Implementação de medidas que possibilite que tal instituição aja de forma rápida e eficiente;

c)    É preciso investir na saúde;

d)    Após 12 horas todos os bandidos sempre são presos.

3)    De acordo com o autor quais os motivos que causam a violência?

a)    A falta de segurança pública, saúde, educação, entretenimento, cultura, cidadania e emprego;

b)    Pessoa com representatividade social;

c)    Não exigir muito da polícia brasileira;

d)    Falta de viaturas e armamento

4)    O texto “Fácil Assim?” pertence ao gênero artigo de opinião. A finalidade desse gênero é:

a)    Retratar fatos do cotidiano;

b)    Descrever aspectos da vida de pessoas conhecidas ( nome, idade, profissão, etc)

c)    Defender uma opinião, por meio de argumentos que convençam o leitor;

d)    Relatar os acontecimentos ocorridos durante o dia.

5)    No trecho “Não é objetivo desta discussão, no entanto, mascarar e tampouco esconder falhas da polícia que independem da falta de condições de trabalho “[...] Que efeito de sentido provoca a conjunção no entanto no texto?

a)    Contradição;       b)    Explicação;          c)    Conclusão;            d)    Adição.

6)    De acordo com a leitura do texto, podemos afirmar que a posição do autor em relação ao fato apresentado é:

a)    A polícia sempre resolve todos os problemas;

b)    A polícia, conforme a expressão utilizada “quando quer faz”;

c)    Defende a ideia
de uma alternativa diferente para solucionar os problemas;

d)    Pensa que não há solução para a corrupção na polícia.

Produção textual

1)    Escreva um texto de opinião abordando a violência na sua comunidade. Apresente as causas e sugestões para solução desse problema.

2)    Leia o seguinte fragmento da canção “Polícia” (Titãs)
  “polícia para quem precisa
   polícia para quem precisa de polícia?”

Observe que existe uma relação com o texto “Fácil assim?”, principalmente no trecho “ a polícia quando quer faz”. Dessa forma, produza um texto de opinião acerca do tema:
 Como é a ação da polícia em seu bairro?

Fonte: portucia.blogspot