domingo, 13 de novembro de 2016

Atividade sobre estrutura do verbo (radical, vogal temática e desinências)


Leia o poema "Canção de junto do berço", de Mário Quintana:

Não te movas, dorme, dorme
O teu soninho tranquilo.
Não te movas (diz-lhe a Noite)
Que ainda está cantando um grilo…

Abre os teus olhinhos de ouro
(O Dia lhe diz baixinho).
É tempo de levantares
Que já canta um passarinho…

Sozinho, que pode um grilo
Quando já tudo é revoada?
E o Dia rouba o menino
No manto da madrugada…

1. O poema apresenta várias formas verbais.
a) Organize essas formas verbais em grupos, de acordo com a conjugação a que cada verbo pertence.
b) Que relação há entre essas formas verbais e as ações do menino?

2. Na 1ª e na 2ª estrofe, são empregados verbos no imperativo.
a) Identifique as formas verbais que estão no imperativo,
b) Identifique de quem são as vozes que ordenam empregando as formas imperativas.

3. Observe estas formas verbais empregadas no poema.
 dorme    diz    canta 

a) Qual é o infinitivo de cada um desses verbos? Qual é o radical?
b) Dê a 1’ pessoa do presente do indicativo e do pretérito perfeito do indicativo de cada uma dessas formas.
c) Em qual dessas formas houve variação no radical?

4. No poema, estão em oposição duas forças. Quem vence essa luta? Justifique sua resposta com um trecho do poema.

# RESPOSTAS (GABARITO)

Fonte: Português: Linguagens
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...