quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Atividade de análise da música "Lua de São Jorge", de Caetano Veloso


Atividade para aula de língua portuguesa por meio de exercícios a partir de análise e interpretação da música "Lua de São Jorge", de Caetano Veloso

O texto que vem a seguir é a letra da música "Lua de São Jorge", de Caetano Veloso:

Lua de São Jorge

Lua de São Jorge, lua deslumbrante
Azul verdejante, cauda de pavão
Lua de São Jorge, cheia, branca e inteira
Oh, minha bandeira solta na amplidão
Lua de São Jorge, lua brasileira
Lua do meu coração!

Lua de São Jorge, lua deslumbrante
Azul verdejante, cauda de pavão
Lua de São Jorge, cheia, branca e inteira
Oh, minha bandeira solta na amplidão
Lua de São Jorge, lua brasileira
Lua do meu coração!

Lua de São Jorge, lua maravilha
Mãe, irmã e filha de todo esplendor
Lua de São Jorge, brilha nos altares
Brilha nos lugares onde estou e vou
Lua de São Jorge, brilha sobre os mares
Brilha sobre o meu amor

Lua de São Jorge, lua soberana
Nobre porcelana sobre a seda azul
Lua de São Jorge, lua da alegria
Não se vê um dia claro como tu
Lua de São Jorge, serás minha guia
No Brasil de Norte a Sul

# Exercícios:
1. Toda descrição retrata um objeto particularizado, neste caso, a lua de São Jorge, que vem repetida no início de todas as estrofes do texto.
No espaço cultural brasileiro, que crenças dão margem ao uso da expressão "lua de São jorge"?

2. O texto descreve muitas facetas da lua de São Jorge.
a) Os adjetivos "deslumbrantes", azul verdejante" bem como a metáfora "cauda de pavão" fazem referência basicamente a que aspectos da lua?
b) Há passagens no texto que associam lua e religiosidade. Cite dois versos em que isso se dá.

3. Ao mesmo tempo que a lua é tratada como objeto situado na imensidão do cosmo, ela é tratada também como um objeto próximo, caseiro.
a) Cite algumas passagens em que o poeta trata a lua como objeto próximo.
b) Cite passagens em que a lua é trada como objeto longínquo.

4. Ao tratá-la como objeto distante e remoto ao mesmo tempo que como um objeto próximo e familiar, o poeta sugere duas formas diferentes de o homem relacionar-se com o mesmo objeto. Quais são as duas formas?

5. A descrição constrói certa imagem do objeto descrito. No caso do presente texto a imagem criada é possível ou negativa?

6. A lua é descrita como um objeto de múltiplas faces. Pode-se dizer que, neste poema, ela é tratada inclusive como pessoa? Explique sua resposta. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...